Babaji's Kriya Yoga
Babaji's Kriya Yoga Images
English Deutsch Français FrançaisEspañol Italiano Português PortuguêsJapanese Russian Bulgarian DanskArabic Farsi Hindi Tamil Turkish

 

O Significado da Iniciação

 

por

M. Govindan Satchidananda

 

O significado do « Kriya Yoga de Babaji» é muitas vezes despercebido. A iniciação é um acto sagrado, pelo qual uma pessoa passa a sua primeira experiência de um meio para realizar alguma verdade. Esse meio representa uma «kriya» ou «método prático de yoga,» e a verdade é um portal para o Uno eterno e infinito. Como esta verdade vai para além do nome e da forma, ela não pode ser comunicada através de palavras e símbolos. Contudo, pode ser experimentada e, para isso, necessita-se um mestre que possa compartilhar a sua própria experiência autêntica da verdade. O método torna-se num veículo por intermédio do qual o mestre compartilha com o praticante os meios para realizar a verdade em si mesmo.

Durante a iniciação, há sempre uma transmissão de energia e consciência entre o iniciador e o recipiente, até mesmo que o recipiente não esteja ciente de tal. A transmissão pode não ser eficaz, se o aluno tiver muitas perguntas, dúvidas e distracções. Portanto, o iniciador tenta de preparar o recipiente de antemão e de controlar o ambiente, de modo que estas possíveis inquietações sejam reduzidas ao mínimo. O iniciador assume, na realidade, a consciência do recipiente, e começa a expandí-la além dos seus costumados limites mentais e vitais. Há uma espécie de fusão dos limites mentais e vitais, ordinários, entre o iniciador e o recipiente. Isto facilita enormemente o movimento da consciência em direcção a um plano superior. Fazendo assim, ele expõe o recipiente à existência da sua própria alma ou Ser Superior, o qual permanecia velado até aquela altura, no caso da maioria dos indivíduos. Elevando do mesmo modo a consciência do recipiente, este obtém pelo menos os seus primeiros vislumbres do seu poder e da sua consciência potenciais. É isto o que significa elevar «a kundalini» do discípulo. A maioria das vezes, isto não é feito de maneira dramática na sessão inicial, mas sim gradualmente durante um certo prazo, conforme a diligência do aluno ao pôr em prática o que aprendeu.

Duas coisas são essenciais para que a iniciação seja eficaz: a preparação do aluno ou recipiente, e a presença dum iniciador que tenha realizado o seu Ser. Enquanto a maioria dos procuradores espiritualistas dêem ênfase a este último ponto e procurem um mestre perfeito, poucos se preocupam com a sua própria preparação. Talvez seja isto uma imperfeição da natureza humana, encontrar alguém que «o faça por nós.» Ou seja, que nos dêem a Auto-realização ou a Realização de Deus. Embora o mestre ou instrutor indique a direcção correcta, o procurador deve se comprometer ele próprio a seguir essas instruções. Ainda que o procurador esteja intelectualmente comprometido a seguí-las, muitas vezes a natureza humana faz com que uma pessoa vacile em distracções, dúvidas ou desejos. Portanto, mesmo que se encontre o mestre perfeito, se um indivíduo não tiver cultivado as virtudes tais como a fé, perseverança, sinceridade e paciência, a iniciação pode tornar-se tão inútil como o semear as sementes num passeio de cimento. Por esta razão, a iniciação era tradicionalmente restrita somente aos indivíduos que se tivessem preparado, às vezes anos atrás. Embora as primeiras iniciações estivessem à disposição dum grande número de aspirantes, unicamente aqueles que tivessem cultivado as qualidades de discípulo eram os que recebiam as iniciações superiores. Como disse Jesus, «são muitos os chamados, mas poucos os escolhidos» — apenas alguns satisfazem as altas exigências de discipulado.

Um devoto é alguém que esteja à busca dum caminho ou mestre, e isto pode levar muito tempo, até que o indivíduo esteja pronto a fazer um compromisso com um mestre ou uma disciplina. Uma pessoa pode mudar de instrutor para instrutor, escutando, observando, experimentando um pouco, como um comprador que compara. Ao cabo dessa fase, a pessoa então se converte a discípulo e passa a comprometer-se à prática da disciplina espiritual, prescrita pelo mestre. Visto que a disciplina espiritual requer um esforço persistente por um período prolongado para que os resultados sejam comprovados, é necessário ter fé na eficiência da prática, perseverança, o apoio dum mestre e a graça divina. Se o mestre for autêntico, sempre estará pronto a atender aos pedidos dos alunos ou a encontrar quem o possa fazer. A graça divina está sempre disponível, se uma pessoa souber como se abrir a ela. Portanto, o que é problemático é a fé e a perseverança do aluno. O instrutor ou mestre pode instigar o processo por meio da iniciação e oferecer inspiração e ânimo, mas o aluno deve se dedicar com confiança e persistência. Se pudéssemos aprender as «kriyas» ou os métodos sem iniciação, seria isto eficaz? Compreendendo o que já se tem abordado, a resposta é enfaticamente um não! É por isso que o intentar de aprender métodos através de livros ou instrutores, que não são autênticos e que não têm experimentado eles mesmos a verdade da qual falam, não inspira o aluno. Isto é assim mesmo quando este esteja bem preparado e repleto das qualidades importantes dum aluno sincero.

Existe uma transmissão sagrada e essencial de consciência e energia, que acontece entre o iniciador e o recipiente, a qual dá poder aos métodos. Eis a razão pela qual as tradições de iniciação têm conseguido passar a experiência directa da verdade duma geração à outra, duma maneira tão eficaz. A força destas tradições reside no poder e na consciência daqueles que têm completado intensamente as práticas e, por conseguinte, realizado a sua própria verdade. Honramos o nosso Ser mais elevado quando honramos a nossa iniciação, pondo em prática de forma regular e diligente tudo aquilo que temos aprendido e recebido.

 

 

Todos os direitos de autor reservados por

Marshall Govindan

Copyright © 2004

«Kriya Yoga Publications»

St. Étienne de Bolton, Québec, Canadá

 

© 1995 - 2016 - Babaji's Kriya Yoga and Publications - All Rights Reserved.  "Babaji's Kriya Yoga" is a registered service mark.